FANDOM


"Lar, doce lar. Meu casulo favorito..."

Max Caulfield em "Chrysalis"

O Quarto da Max é o número 219 no Dormitório Prescott na Academia Blackwell. Max carinhosamente se refere a ele como seu "casulo". Ela já parece estar à vontade em seu quarto novo, tendo o decorado com vários de seus objetos pessoais refletindo seu amor pela fotografia e também lembranças de Seattle.

No pesadelo da Max, o nome "Tara Garcia" aparece substituindo o nome de Max no mapa do dormitório feminino, sugerindo que ela ocupava o quarto antes de Max chegar na Blackwell.

Exterior Editar

A placa do quarto de Max é a única coisa notável fora do quarto; no Episódio 1 não possui nada escrito, e Max tem a oportunidade de fazer um desenho na placa. Ela escreve seu nome e desenha a imagem de uma figura estranha (meme poker face), comentando que não tem nada a dizer após fazer o desenho.

No Episódio 2, se Max confortou Victoria no dia anterior, a placa de seu quarto permanecerá intacta. Se Max caçoou de Victoria, sua placa será vandalizada e Max poderá apagar o desenho e fazer outro no lugar.

Interior Editar

Episódio Um - "Chrysalis" Editar

Na parede ao lado da porta, há um espelho. Logo ao lado também há uma régua de tomadas que Max pode ligar e desligar, apagando ou ligando as luzes que ficam penduradas sob sua cama. À esquerda está o guarda-roupa de Max encostado na parede, com suas roupas, algumas gavetas contendo outros pertences dela e uma caixa de biscoitos de coco com chocolate que a mãe de Max mandou para ela em seu aniversário.

Max cobriu a maior parte da parede à direita da porta com fotos. Ela se refere às fotos como "Mural de Fotos das Memórias de Max Caulfield". Sua cama fica ao lado da parede, e nela estão uma almofada que Max e sua mãe costuraram juntas e também o ursinho de pelúcia dela. Em frente à cama está uma cômoda, e dentro das gavetas, há uma foto de Max com sua melhor amiga Chloe Price cinco anos atrás. Em cima da cômoda há um som estéreo, fones de ouvido, papéis, xícaras, entre outras coisas variadas. Logo acima da cômoda há uma prateleira com livros de arte e na parede ao lado estão mais fotos, incluindo uma foto de turista de Max com seu pai no Obelisco Espacial, uma foto dela em um jogo de hóquei e uma foto dela junto de dois amigos de Seattle, Kristen e Fernando, no Fremont Troll.

Ao lado está uma mesa de frente para uma parede de tijolos com o laptop de Max, um álbum de fotografias e uma luminária rosa. A parede em frente à mesa possui alguns pôsteres e anotações colados, e logo ao lado estão duas janelas divididas por um pôster. Em frente à primeira janela, há uma pequena estante com coisas diversas nas prateleiras, incluindo uma pequena planta e a coleção de filmes de Max. Ao lado da estante está uma planta maior, chamada Lisa, com um ventilador e uma garrafa d'água na outra janela.

Na parede contrária à cama de Max, há um radiador com um grande pôster acima. Ao lado do radiador estão uma pequena prateleira com filmes instantâneos, um sofá e um abajur. A cópia emprestada de Max do livro "O País de Outubro" está em cima do sofá, junto de outras almofadas. Há alguns pôsteres acima do sofá, incluindo uma bandeira do time de hóquei Thunderbirds, e o violão de Max encostado nele à esquerda.


Episódio Dois - "Out of Time" Editar

No dia seguinte, 8 de outubro, o celular, diário e câmera da Max estarão visíveis no criado-mudo ao lado de sua cama e em sua mesa quando ela acorda, com a mesma opção de interagir com eles apertando a tecla Tab.

A primeira página do diário de Max mencionará que ela fez uma pesquisa exaustiva sobre o tempo e física quântica na noite anterior. Sua mesa agora possui uma pilha de livros sobre tempo, com "A Moron's Guide to Time Travel" (em português, guia de um idiota sobre viagem no tempo") do Dr. Nick Meyer sendo visível no topo da pilha. Vários post-its podem ser vistos na parede em frente à mesa, assim como mais livros e papéis contendo anotações de Max espalhados no sofá e no chão em frente ao radiador. A caixa de emails e o histórico de pesquisas de Max também serão atualizados ao usar seu laptop. Se Max caçoou de Victoria no dia anterior, sua página na internet continuará tendo montagens ridicularizantes do rosto de Max sobreposto em uma ovelha ou em um macaco. Além disso, a foto de Victoria coberta de tinta estará visível em cima da prateleira de filmes da Max, podendo interagir com ela.

Dentro da cômoda ao pé da cama, um pacote de Mística: Cartas de Encantamento será visto no lugar da foto com Chloe. Em uma das gavetas do guarda-roupa de Max, um relógio de pulso também poderá ser encontrado.

Uma tabela dos horários escolares da semana colada no lado esquerdo do guarda-roupa, já presente no episódio anterior, agora possui a opção de interagir.

O episódio começa com Chloe mandando mensagens convidando Max para tomar café da manhã, fazendo-a pegar seus acessórios de banho no guarda-roupa e sair do quarto.

Após Max voltar para o quarto após tomar um banho com o objetivo de se vestir e devolver à Kate Marsh o livro que pegou emprestado, seu mural de fotos poderá estar vandalizado com uma mensagem ameaçadora acompanhada de uma foto perturbadora na cama de Max se ela dedurou Nathan Prescott para o Diretor Wells no dia anterior. Se Max caçoou de Victoria no dia anterior, seu espelho será vandalizado e o quarto estará bagunçado; se Max mexeu nas fotos de Victoria no quarto dela, a caixa de biscoitos não estará mais em seu quarto. Caso contrário, o quarto ficará intacto.


Episódio Três - "Chaos Theory" Editar

À noite nesse mesmo dia, o coelho na gaiola de Kate estará em um canto do quarto de Max perto da janela. Uma luminária no chão ao lado do coelho agora pode ser ligada e desligada. Dependendo se Max regou muito ou pouco sua planta, Lisa, ela poderá estar com as folhas secas e marrons ou úmidas e escuras. O copo com refrigerante que Max havia mudado de lugar no episódio anterior para pegar o livro de Kate agora está vazio, com um lenço de papel colocado embaixo para evitar que gotas d'água estragassem os papéis novamente.

O histórico de pesquisas de Max será atualizado de novo ao usar seu laptop. Há um artigo sobre o suicídio (ou tentativa) de Kate, uma lista de pessoas desaparecidas do departamento de polícia de Arcadia Bay, as páginas na internet de Kate e Max e uma página apoiando a readmissão de Mark Jefferson ou a demissão de David Madsen da Blackwell, dependendo se Max culpou Jefferson ou fez David ser suspenso temporariamente pelo ocorrido com a Kate.

Se Max dedurou Nathan anteriormente, seu mural de fotos permanecerá vandalizado e a montagem feita por Nathan será colocada de lado. Se ela caçoou de Victoria anteriormente, a mensagem escrita no espelho terá sido apagada e haverá apenas alguns resquícios da tinta.

Dentro da cômoda ao pé da cama, a foto de turma tirada por Jefferson será encontrada no lugar das cartas do episódio anterior.

O episódio começa com Max acordando com as mensagens de Chloe chamando-a para encontrá-la em frente ao prédio principal, levando Max a sair do quarto.


Episódio Cinco - "Polarized" Editar

Max voltará para seu quarto após focar em sua selfie exposta na galeria de artes. A área em que ela pode se mover é bastante limitada, mas os pertences de Max podem ser vistos dentro de caixas. O mural de fotos está arrumado, mas as outras paredes ainda estão vazias e o laptop de Max pode ser visto em uma cadeira.

Ela sai do quarto após rasgar sua foto.

Interações Editar

Episódio Um: Chrysalis Editar

  • Ela pode olhar e desenhar na placa fora de seu quarto. (Comentário: Olhar: "Que triste. Eu não escrevi nada. Não tenho o que dizer."
    Olhar após desenhar: "Óbvio, mas verdade.")
  • Ela pode olhar para o bilhete de Warren. (Comentário: "O Warren até deixou um bilhetinho com o pen drive. Ele é tão bobão.")
  • Ela pode se olhar no espelho e tirar a quinta foto opcional. (Comentário: "É difícil acreditar que já tenho 18 anos. Eu pareço mais velha? Acho que só mais estressada.")
  • Ela pode desligar e ligar a régua de tomadas que controla as luzes acima de sua cama.
  • Ela pode olhar para o urso de pelúcia. (Comentário: "Isso aí, capitão. Pelo menos eu sei que você está aqui para me ajudar. Quando engoli o seu olho e meus
    pais me levaram para o hospital, eu sabia que ficaríamos juntos para sempre...")
  • Ela pode olhar para a almofada. (Comentário: "Tão tosco, mas me faz sorrir ao pensar no dia que eu e minha mãe fizemos isso juntas.")
  • Ela pode olhar, ligar e desligar o som estéreo. (Comentário: Olhar: "Eu deveria ir a uma loja e comprar alguns vinis... será que é hipster demais?
    Não me importo. A música inspira as minhas fotografias...")
  • Ela pode olhar para seus livros de arte. (Comentário: 'Cartier-Bresson, Doisneau, Hamilton... os maiores!")
  • Ela pode abrir uma gaveta da cômoda e olhar para uma foto dela com Chloe. (Comentário: "Max e Chloe: melhores amigas para sempre. Quem ainda fala isso? Tenho que ligar para a Chloe
    em algum momento e descobrir o que ela falará. Quanto mais esperar, pior será. Idiota.")
  • Ela pode olhar para fotos coladas na parede. (Comentário: Foto com seu pai: "Essa foi a única foto de turista que deixei eles tirarem no Obelisco Espacial..."
    Foto no jogo de hóquei: "Esse foi um ótimo jogo de hóquei, e uma grande luta."
    Foto com amigos: "Cara, a Kristen e o Fernando estavam tão bêbados no Fremont Troll...")
  • Ela pode olhar e ler um álbum de fotografias. (Comentário: Olhar: "Aqui está a minha inspiração para fotografias instantâneas."
    Ler: "Philip-Lorca diCorcia, meu cara!
    Não acho que levaria a minha câmera para esses lugares, veja só essa fotografia...
    adoro a onda vitoriana da Julia Cameron, usando câmeras analógicas...
    Ah, Dali, que olho fantástico! Ele conseguia de fato parar o tempo...")
  • Ela pode olhar e usar seu laptop. (Comentário: Olhar: "E aqui está o meu laptop, praticamente implorando para ser usado."
    Usar
    Tirou a foto da Victoria: "Eu pareço tão ridícula."
    Retrato da Max feito por Daniel: "O Daniel tem tanto talento. Espero que ninguém fale besteiras só
    por ser eu."
    Site de câmeras antigas "Sou tão viciada nesse site... Veja só essas belezuras antigas..."
    E-mail do Warren: "O Warren é mutio engraçado. É ótimo eu já ter um amigo de verdade por aqui.")
  • Ela pode olhar para sua coleção de DVDs. (Comentário: "Um dia eu vou organizar minha coleção de filmes...
    Um dia vou ter uma TV de alta definição.")
  • Ela pode olhar pela janela. (Comentário: "Quando não estou olhando por um visor de câmera, estou olhando pela janela... sempre observando.")
  • Ela pode olhar e regar sua planta. (Comentário: Olhar: "Eu não esqueci de você, pequena Lisa. Ainda."
    Regar: "Você está com sede. Sou a pior mãe de todas. Beba um pouco...")
  • Ela pode olhar para o livro da Kate. (Comentário: "Muito legal a Kate deixar eu pegar emprestado o livro "O País de Outubro"...
    eu tinha que ter todos os livros do Bradbury.")
  • Ela pode olhar para alguns filmes instantâneos. (Comentário: Filmes instantâneos são tão caros e difíceis de achar.
    "Mas, não tem como, prefiro fotografar analógicas em vez de digitais.")
  • Ela pode olhar para a bandeira de hóquei na parede. (Comentário: "Vou sentir falta de ir aos jogos com o papai. Vamos lá, Thunderbirds!")
  • Ela pode olhar e tocar seu violão (se o som estéreo estiver ligado, Max tocará um acompanhamento). (Comentário: "Esse violão é tão bonito. Eu tinha que tocar mais.")
  • Ela pode olhar para um pôster do Man Ray. (Comentário: "Será que o Man Ray chamaria isso de selfie?")
  • Ela pode olhar para suas roupas. (Comentário: "Não é exatamente "A Garota de Rosa Shocking", mas nem me importo. Eu gosto do meu armário.")
  • Ela pode olhar para a caixa de biscoitos. (Comentário: "Adorei a minha mãe ter mandado uma caixa de biscoitos de coco com chocolate de aniversário
    junto com um certificado de presente de 200 dólares.
    Ela sabe muito bem como alegrar um aniversário triste.")
  • Ela pode abrir uma gaveta do guarda-roupa e olhar para um bilhete de feliz aniversário de seus pais. (Comentário: "É difícil acreditar que já tenho 18 anos.
    Tenho sorte de os meus pais terem deixado eu manter o hábito fotográfico.")
  • Ela pode olhar para as fotos acima da cama. (Comentário: "Mural de fotos das memórias de Max Caulfield".)
  • Ela pode deitar em sua cama. (Comentário: "Ah, é tão bom apenas relaxar. Hoje foi um dia muito bizarro e parece que não acaba nunca...
    Talvez eu apenas acorde e descubra que isso tudo foi apenas um sonho...
    Ou, como Poe disse, "Um sonho dentro de um sonho"...")
  • Ela pode olhar para o bilhete de Dana (necessário) (Comentário: "Parece que a Dana deixou uma nota adesiva para mim...")
  • Ela pode sair do quarto (necessário).

Episódio Dois - "Out of Time" Editar

  • Ela pode interagir com seu celular e seu diário ao lado da cama.
  • Ela pode se olhar no espelho. (Comentário: Uou, olá, cara de zumbi. Isso é o que acontece quando você pesquisa sobre física quântica
    a noite inteira.)
  • Ela pode olhar para o lençol e arrumar a cama. (Comentário: Olhar: "Isso me lembra muito de quando era criança no meu quarto. Foi mal, mãe, posso arrumar
    minha cama quando eu quiser. Bu-iá!"
    Arrumar a cama: "Não sou nada rebelde. Sempre gosto da minha cama limpa e arrumada.
    Obrigada, mãe.")
  • Ela pode olhar para as fotos acima da cama. (Comentário: "Mural de fotos das memórias de Max Caulfield.")
  • Ela pode olhar para os livros de arte. (Comentário: "Cartier-Bresson, Doisneau, Hamilton... Os melhores!")
  • Ela pode desligar e ligar o som estéreo.
  • Ela pode abrir uma gaveta da cômoda e olhar para um pacote de cartas místicas. (Comentário: "Seria legal juntar uma galera e jogar algum jogo de verdade em vez de jogos dramáticos...")
  • Ela pode olhar para fotos coladas na parede. (Comentário: Foto com seu pai: "Essa foi a única foto de turista que deixei eles tirarem no Obelisco Espacial..."
    Foto no jogo de hóquei: "Esse foi um ótimo jogo de hóquei, e uma grande luta."
    Foto com amigos: "Cara, a Kristen e o Fernando estavam tão bêbados no Fremont Troll...")
  • Ela pode olhar para alguns livros em cima da mesa. (Comentário: "Eu poderia voltar no tempo por dias e ler todos esses livros. Será que encontrarei alguma clareza
    sobre o meu poder?")
  • Ela pode olhar para os novos bilhetes adesivos colados na parede. (Comentário: "Mal consigo ficar de olhos abertos... mas sei que tem uma resposta científica...)
  • Ela pode olhar para seu laptop. (Comentário: "Ufa, eu poderia me perder na pesquisa de viagem no tempo. Eu e o mecanismo de pesquisa
    nos tornamos um só. Queria ser tão concentrada assim em deveres de casa.")
  • Ela pode usar seu laptop para visualizar:
    • Um email do Warren para Max; (Comentário: "O Warren está atolando minha caixa de entrada. Bom, contanto que ele me ajude
      a resolver isso...")
    • Um site de "crononautas"; (Comentário: "Isso é tão insano que parece lógico para mim.")
    • Um site sobre buracos de minhoca; (Comentário: "Essa coisa de buraco de minhoca faz todo o sentido, mas não explica como posso fazer o que
      nenhum cientista fez antes...")
    • Uma petição online contra físicos quânticos; (Comentário: "Eu diria que essa coisa é bizarra, mas não tenho certeza... Será que eu deveria assinar?")
    • Rede social da Max com memes dela (se caçoou da Victoria no dia anterior); (Comentário: "Obrigada, Victoria. Sempre quis ser uma "meme Max" quando eu crescesse. Ela espalhará essa
      merda em todos os lugares.")
    • Um email da Dana para Max. (Comentário: "E eu achei que gostava do dia das bruxas. A Dana não está de brincadeira.")
  • Ela pode olhar para sua câmera na mesa e tirar uma selfie com ela. (Comentário: Olhar: "Esta foto capturará esse momento histórico e louco da minha vida..."
    Tirar selfie: "Sem sorrir. Leve o seu poder a sério.")
  • Ela pode olhar para a foto de Victoria coberta de tinta na estante (se caçoou da Victoria no dia anterior.) (Comentário: "Admito, isso é bem hilário, mas... Eu não deveria me rebaixar ao nível ridículo da Victoria.")
  • Ela pode olhar e regar sua planta. (Comentário: Olhar: "Bom dia, Lisa. Suas folhas estão lindas hoje. Posso não ter um polegar verde, mas tenho
    um dedo verde..." ou "Ah, Lisa, quase deixei você desidratar!"
    Regar: "Beba... Isso tem eletrólitos" ou "Beba... Eu posso trazê-la de volta... Eu tenho o poder da
    própria vida...")
  • Ela pode olhar para os DVDs no sofá. (Comentário: Agora tenho que pensar se esses filmes foram baseados em histórias verdadeiras...)
  • Ela pode olhar para a bandeira de hóquei na parede. (Comentário: "Vou sentir falta de ir aos jogos com o papai. Vamos lá, Thunderbirds!")
  • Ela pode olhar e tocar seu violão. (Comentário: "Enquanto isso, meu violão dorme gentilmente.")
  • Ela pode olhar para um pôster do Man Ray. (Comentário: "Será que o Man Ray chamaria isso de selfie?")
  • Ela pode olhar para suas roupas. (Comentário: "Bom dia, roupas! Espero que tenham dormido bem... Agora, uso a minha camisa Gucci com a
    jaqueta Vuitton?"
    Olhar após se vestir: "Usarei essas botas fofas com laço para poder desfilar nos corredores da
    Blackwell com estilo... Ah, Victoria, você está tão na moda!")
  • Ela pode abrir uma gaveta do guarda-roupa e olhar para um relógio de pulso. (Comentário: "Uh-oh! Imagino se algum dia voltarei a usar um relógio...")
  • Ela pode olhar para a tabela de horários colada na lateral do guarda-roupa. (Comentário: "A Srta. Hoida ainda está doente. Ouvi alguém dizer que ela está com depressão profunda. Coitada.")
  • Ela pode olhar e pegar seus acessórios de banho (necessário). (Comentário: Olhar: "Só porque um idiota mexeu na garrafa de xampu de uma garota e o cabelo dela caiu, temos que
    tomar cuidado com nossos produtos. Tão acampamento de verão."
    Pegar: "Ok, Max, vamos tomar um banho agora!")
  • Ela pode sair do quarto (necessário).

Após o banho:

  • Ela pode olhar para a mensagem ameaçadora no mural de fotos (se denunciou o Nathan no dia anterior). (Comentário: "Ah, merda, a vingança do Nathan. Até a Chloe me disse para não falar com o diretor...)
  • Ela pode olhar e pôr de lado a foto perturbadora em sua cama (se denunciou o Nathan no dia anterior). (Comentário: "Mano, isso quase poderia ser arte — se não fosse doentio e perturbador para caralho.")
  • Ela pode olhar para a mensagem no espelho (se caçoou da Victoria no dia anterior). (Comentário: "Victoria. É claro. É o que eu ganho por ridicularizá-la... Vadia.")
  • Ela pode olhar e ajeitar a bagunça no chão do quarto (se caçoou da Victoria no dia anterior). (Comentário: Olhar: "Meu pobre Donnie Darko... Por que alguém terminaria com o pequeno Jake Gyllenhaal?"
    Ajeitar: "Ta-da! Adoro um quarto arrumado. Bem zen. Exceto por essa pichação ridícula.")
  • Ela pode vestir suas roupas do guarda-roupa (necessário). (Comentário: "Acho que vou só colocar uma blusa e calça jeans. Ei, o Einstein tinha exatamente a mesma roupa para
    cada dia da semana. E ele não conseguia voltar no tempo.")
  • Ela pode vasculhar a mesa para encontrar o livro da Kate. (Comentário: "Minha mesa está um chiqueiro, mas... Sei que não está aí.")
  • Ela pode vasculhar alguns papéis no chão para encontrar o livro da Kate. (Comentário: "Nada aqui.")
  • Ela pode vasculhar alguns papéis no sofá para encontrar o livro da Kate. (Comentário: "Sem livro por aqui...")
  • Ela pode vasculhar alguns papéis na pequena estante de DVDs ao lado do sofá para encontrar o livro da Kate (necessário). (Comentário: "É claro que você tinha que derramar refrigerante no livro da Kate. É melhor dar um jeito nisso. A Kate
    precisa do livro e eu não quero aumentar a lista de problemas dela.")
  • Ela pode voltar no tempo e mover o copo para o lado após vasculhar os papéis na pequena estante de DVDs (necessário). (Comentário: "Suma, refrigerante maldito!")
  • Ela pode olhar e pegar o livro da Kate após afastar o copo de refrigerante (necessário). (Comentário: Olhar: "Esse livro é tão sábio e melancólico. Tenho que ler bastante Bradbury..."
    Pegar: "A-há, seu livro furtivo, você é meu!")
  • Ela pode sair do quarto (necessário).

Episódio Três - "Chaos Theory" Editar

  • Ela pode olhar para seu laptop. (Comentário: "Como o Sherlock Holmes deduzia tudo sem a internet?")
  • Ela pode usar o laptop para visualizar:
    • Um artigo sobre o suicídio (ou tentativa) da Kate. (Comentário: Kate viva: "Legal a mídia não perder um segundo explorando a Kate. Agora ela tem outro vídeo
      dela em toda a internet... e até eu estou nele. Pelo menos as notícias não falaram o meu nome...
      ainda."
      Kate morta: "Legal a mídia não perder um segundo explorando tragédias. Agora a família da Kate
      tem que ver a morte dela em toda a internet como se fosse um vídeo de gatinho... e até eu estou
      nele. Isso me deixa enjoada.")
    • Uma lista de pessoas desaparecidas registradas no departamento de polícia de Arcadia Bay. (Comentário: "Hmmm. Além da Rachel, faz tempo desde que alguém desapareceu de Arcadia Bay...
      Eu não deveria ficar tão desapontada.")
    • Um email do diretor Wells para Max (se ela não conseguiu salvar a Kate). (Comentário: "Esse povo da Blackwell só copiou essas besteiras da internet. Ninguém aqui se importava com
      a Kate. Tarde demais, galera...")
    • Redes sociais da Kate e da Max. (Comentário: Kate (viva): "Espero muito que essas pessoas a tratem melhor quando ela voltar à escola...
      se voltar."
      Kate (morta): "Sim, agora todos amam a Kate Marsh. Eles zoavam ela e agora publicam
      sentimentos. Hipócritas."
      Max: "Ou eu excluo o meu perfil, ou bloqueio todo mundo. Não há onde se esconder hoje
      em dia...")
    • Uma página em apoio ao Jefferson (se Max culpou ele no escritório). (Comentário: "Cara, eu realmente fiz tempestade em copo d'água... Estou me sentindo péssima pelo
      Sr. Jefferson...")
    • Uma página em apoio à demissão de David Madsen da Blackwell (se Max fez ele ser suspenso temporariamente no escritório). (Comentário: "Agora o David sentirá o sabor da vigilância pública.")
  • Ela pode olhar para a foto do David ameaçando a Kate (se tirou a foto e escolheu não usá-la contra David no escritório.) (Comentário: "Sou tão idiota, Kate. Eu poderia ter mostrado isso ao diretor e ferrado o David... Eu poderia...")
  • Ela pode olhar para sua planta ao lado da estante. (Comentário: Salvou só a Lisa: "Está vendo, Lisa, pelo menos mantive você viva... Acho que sou melhor com
    plantas do que com pessoas..."
    Salvou a Kate, Lisa secou: "Pobre Lisa. Acho que sou melhor com pessoas do que com plantas..."
    Salvou a Kate, Lisa afogada: "Ah, sinto muito, Lisa... Eu salvo a Kate, mas afogo a minha própria
    planta..."
    Salvou as duas: "Primeiro eu salvo a Chloe, depois a Kate e agora você, Lisa. Não é um recorde ruim
    para uma semana."
    Não salvou nenhuma (Secou): "Ah, não! Eu mal consigo cuidar de uma planta, quem dirá de uma
    pessoa... No que sou boa?"
    Não salvou nenhuma (Afogou): "Foi mal, Lisa. Água demais. Não consigo nem manter minha planta
    viva, quem dirá salvar a Kate...")
  • Ela pode olhar pela janela. (Comentário: "Está acontecendo tanta coisa que eu quase me esqueci do eclipse... Toda essa ação atmosférica não
    pode ser coincidência... e tudo leva à visão do tornado...)
  • Ela pode olhar e alimentar o coelho da Kate. (Comentário: Kate viva: "Ei, coelhinho, a Kate voltará logo e, até lá, eu que cuidarei de você."
    Kate morta: "Ei, coelhinho, não fique triste mas a partir de agora... Sou a sua nova mamãe."
    Alimentar: "Está com fome, coelhinho? Aqui, mastigue isso...")
  • Ela pode ligar e desligar o abajur ao lado do sofá.
  • Ela pode olhar para a tabela de horários colada na lateral do guarda-roupa. (Comentário: Foi suspensa: "Deixe-me ver que aulas perderei essa semana..."
    Não foi suspensa: "Vai ser bem difícil me concentrar nas aulas essa semana... Por que será?")
  • Ela pode se olhar no espelho. (Comentário: Kate viva: "A Kate está bem, Max. Respire fundo, acalme-se. Você tem tempo."
    Kate morta: "Vamos lá, Max. Chega de chorar. Você tem que agir e não reagir.")
  • Ela pode olhar para a cama. (Comentário: "Caramba, estou cansada para cacete... Pareço uma idiota... Mas o crime não se atrasa... Preciso me
    concentrar nessa investigação...")
  • Ela pode olhar para a mensagem ameaçadora no mural de fotos (se denunciou o Nathan anteriormente). (Comentário: "Nem fodendo que eu limparei isso. Está na hora de pedir ao Samuel DaVinci para repintar...)
  • Ela pode olhar para o som estéreo. (Comentário: "Você sabe que não está bem quando está pouco se fodendo para música.")
  • Ela pode abrir uma gaveta da cômoda e olhar para a foto da turma tirada pelo Jefferson. (Comentário: Kate viva: "É tão incrível como a Kate parece feliz aqui comparado a hoje em dia... Ela foi basicamente
    empurrada para o telhado. E eu usarei o meu poder para descobrir o porquê. Isso tem que acabar."
    Kate morta: "Kate, eu juro que usarei todo o meu poder para descobrir quem realmente empurrou você
    daquele telhado...")
  • Ela pode olhar para a foto perturbadora em cima da cômoda (se denunciou o Nathan anteriormente). (Comentário: "Eca, valeu pela imagem, Nathan... e todos aqui acham que o Samuel é bizarro...")
  • Ela pode sair do quarto (necessário).


Episódio Cinco - "Polarized" Editar

  • Ela pode olhar e rasgar sua foto (necessário). (Comentário: Olhar: "Eu só tenho que fazer uma simples alteração para que não acabe em São Francisco... Simples.
    Rasgar: "Sinto muito, São Francisco, a Chloe vem em primeiro lugar.")

Galeria Editar

Capturas de Tela Editar

Arte Conceitual Editar

Curiosidades Editar

LivroMax
  • O livro "Teoria, Paradoxos & Possibilidades" visto no chão do quarto de Max em "Out of Time" pode ter sido baseado em um artigo online de 2013 sobre viagem no tempo, com o título, "Viagem no Tempo: Teorias, Paradoxos & Possibilidades". As duas linhas brancas vistas acima do título do livro de Max poderiam ser uma representação artística das palavras "viagem no tempo", pois alguns textos são normalmente representados por barras e rabiscos nas texturas do jogo.
  • Ao olhar para seu violão no início do Episódio 2, Max faz uma possível referência à música "While My Guitar Gently Weeps" dos Beatles.
  • Ao olhar para seu guarda-roupa, Max faz uma referência ao filme de John Huges, A Garota de Rosa Shocking.
  • O pôster "o ATACANTE e a VACA" visto no quarto de Max possui o estilo e design bastante semelhantes aos da capa do livro O Apanhador no Campo de Centeio de J.D. Salinger.